Abrirei o coração

Abrirei o coração.

Expressarei o Amor, sempre que conseguir.

A vida é um campo maravilhoso de descobertas...

Não farei planos.

Apenas e só os estritamente necessários.

Procurarei estar inteiro no presente.

Deixarei de pensar "e se...?","e se...?"

Farei o que tiver de fazer, mas, a cada dia.

Não vale a pena estar a fazer planos,

Pois já percebi que cada dia eles se modificam

E corro o risco de me ver preso

Numa prisão que eu próprio construi

Com os meus desejos e pensamentos.

Olho para dentro...

Estou cheio de Amor.

Pelo Ser infinito que gera todas as coisas.

Por ti...

Pelos acontecimentos da minha vida.

Não abandonarei nada, não me amarrarei a nada.

As coisas são como são. A vida flui e eu com ela.

Tudo tem o seu tempo,

Hoje, é o tempo de ser este dia.

Amanhã será o tempo de ser o dia de amanhã.

E tal como não podemos viver o Amanhã, hoje,

Também não podemos viver o Hoje, amanhã.

Só nos resta "ser"…

Existir a cada instante...

5 comentários:

Anónimo disse...

Existir a cada instante…
Deixando fluir a consciência do “eu posso”.
Sentir que sou livre,
Livre de reflexões e hábitos negativos .
De paixões angustiadas.

Ricardo Antunes disse...

E livre de inventar um novo futuro, sempre que se quiser.
;)

Adriana ♣* disse...

Sim, só nos resta "ser"...

.... a cada instante...

Você é amor e por isso está cheio!

É só deixar ir... abrir o coração...

Se ficar com medo: feche os olhos.

Tenho certeza que quando você abrir novamente a sensação será INDESCRITÍVEL!!!

Rê Michelotti disse...

Parabéns pelo seu blog Ricardo... Uma interessante seleção de textos que nos fazem refletir!

Ricardo Antunes disse...

Obrigado Rê!