31

Os anos vão passando. Olho com carinho para tudo o que ficou para trás. E para tudo aquilo que foi conquistado.
De uma maneira ou de outra foram os passos, certos e errados, que conduziram até ao aqui e agora.
Não vale a pena perder-me em juízos sobre o que aconteceu. Foi a forma como a alma que carrego em mim encontrou de se manifestar.
E foi tudo - globalmente - muito, muito bom.
E assim me entrego. Seguindo adiante. Pensando nos sonhos e nas promessas que vou concretizar. Nos projectos que tenho, que certamente serão realidade mais cedo ou mais tarde ... ou mais cedo.
Não existem horizontes distantes que não possam ser desvendados. segredos que não possam ser revelados.
Os nossos limites são aqueles que nos coloca a nossa própria imaginação (... felizmente tenho uma grande imaginação!)

Cada dia, um momento especial para ser celebrado.
Cada gesto, um movimento irrepetível.

A chuva cái lá fora.
Cá dentro, um sorriso em flor.

8 comentários:

Johanne disse...

Cucu...
ehehe

Parabens Chefinho =)

Gugazzx disse...

adorei ! ..

e parabenizo-o pelo livro que, apesar de não o ter lido, vi hoje uma apresentação sobre ele e, bem, apaixonei-me, porque pela descrição, a minha vida é bastante parecida com a do Alexandre (penso eu :D) ..

muitos parabens e irei ler ! ..

Ricardo Antunes disse...

Obrigado Gugazzx! Deve ter sido realmente uma boa apresentação para fazer crescer assim tanto o interesse pela leitura...
Fico à espera para saber se a leitura do livro corresponde às expectativas!
Abraço e força! (se realmente fores como o Alexandre o final será feliz!)

Gugazzx disse...

sim, foi :D

combinadissimo, quando o ler deixo feeddback e sim, espero ter um final como o Alexandre ..

e espero ter um futuro como o seu, já que agora escrevo apenas "rabiscos" num simples Blog, pode ser que um dia veja neles algo mais ..

Moquinha disse...

Parabens Ricardo!
Pelo teu aniversário e pela forma encorajadora que encaras a vida!
Hoje sinto que nada é impossível e sempre que leio um texto teu, fico com mais certezas disso.
Já terminei o livro, resolvi ler as ultimas páginas no avião, na ida para a Madeira, fui para lá e casei de uma forma diferente, só nós, o nosso amor e uma ilha.
Beijinhos e aguardo pelo proximo romance.

Ricardo Antunes disse...

Obrigado pelos cumprimentos e muitas felicidades para um casamento diferente. É muito importante na vida seguirmos realmente o nosso próprio sentir e agir. Fazer aquilo que sabemos ser certo apesar de ninguém pensar assim.
A vida é demasiado curta para não a agarrarmos de frente e não nos dedicarmos a vivê-la. De verdade.
beijinhos! :)

Eliana disse...

Ãdorei o texto! Muitos parabens!
Adoro mesmo o que escreves.
Vou passar aqui mais vezes, prometo! :)
Um beijinho.

Eliana Soares

Adriana ♣* disse...

Celebrar todos os dias que abrimos os olhos!

Muitos horizontes...

Muita imaginação...

Infinitas possibilidades!