O mundo dos opostos

“A luz e a escuridão, a vida e a morte, os da direita e os da esquerda são irmãos entre si; não é possível que se separem uns dos outros. Por tanto, nem os bons são bons nem os maus são maus, nem a vida é vida nem a morte é morte. Por isso cada qual se dissolverá na origem que tem desde o começo; mas os que são superiores ao mundo são indissolúveis, são eternos.”

in Evangelho de Filipe, Biblioteca de Nag-Hammadi

3 comentários:

Adriana ♣* disse...

É exatamente isso...
Ah... se todos pudessem entender essas palavras...
Esperança é a última que morre!

Abs,

Adriana

Ricardo Antunes disse...

Há muitos que podem entender essas palavras. O mais complicado é ter coragem para segui-las.

Adriana ♣* disse...

Bom... se muitos podem entender essas palavras, já considero um grande avanço!